Viagem para o céu

VIAGEM PARA O CÉU

PR TIMOFEI DIACOV

“O que esperava (Abraão) a cidade que tem fundamentos, da qual o artífice e construtor é Deus” (Heb 11 v 10). Segundo o escritor, a cidade para onde nos dirigimos, tem fundamentos sendo o próprio Deus o construtor. Certamente que essa cidade não foi de modo desordenada construída, como acontece com certas cidades brasileiras. Nada que possa contaminar ou corromper, lá existe. Por isso que não necessita de policiamento; e a Bíblia afirma em vários lugares que lá não entrarão ladrões, mentirosos, adúlteros, fornicários e outros corruptos. Essa cidade segundo Apocalipse 21 é pavimentada com ouro e cristal. Lá não existem problemas de falta de água, luz elétrica, porque o Cordeiro é a Sua lâmpada; e não existe o problema de infra-estrutura, que aqui na terra é tão comum.

Lá não se promovem eleições, campanhas políticas; não são eleitos vereadores, prefeitos, deputados, governadores e presidentes. Lá não teremos problemas com autoridades corruptas. Quem de nós não sonha com uma cidade assim aqui na terra? Porém isso só veremos no céu. Segundo Jesus, o mundo irá passar por terríveis tribulações; e, conforme Pedro esta terra será queimada no dia do juízo final. Diante disto devemos sonhar e tornar real a nossa entrada nessa Pátria de Esplendor. Por que tudo isso vai acontecer no céu? Porque lá teremos o Rei Eterno, que governa. Nós seremos súditos desse Rei. Além disto, Ele é chamado de Pastor das ovelhas, que as guiará às águas tranqüilas e pastagens verdejantes.

Que vai acontecer quando lá chegarmos? Primeiramente, as nossas lágrimas serão enxugadas. E se lá houver lágrimas, elas serão de emoção, de alegria. Pelo fato de termos um encontro com Aquele que muitas lágrimas derramou na terra por nossa causa. Podemos imaginar os lindos hinos cantados pelos anjos que, deram uma pequena amostra, quando Jesus nasceu. Que diremos ainda do coral formado por pessoas de todas as tribos, línguas e nações que lá estiverem! Pessoas que foram salvas pelo poderoso sangue do Cordeiro. As melodias e as letras estaremos cantando. Diante disto prezado leitor, por que permaneceremos indiferente a tudo isto, trocando-os com os bens da terra que jamais produziram paz verdadeira em nossos corações?

De que maneira lá chegaremos, uma vez que diz o profeta Isaias, que Deus habita a eternidade? O homem daqui da terra enviou para o planeta Marte um aparelho que lá pousou, depois de sete anos percorrendo o espaço. Ainda que o homem pudesse criar outro meio de chegar ao céu, quantos anos levariam? Certamente bilhões de anos, e lá não chegaria. Mas Deus garante que, por causa do sacrifício de Jesus e Sua ressurreição, Lá chegaremos num piscar de olhos. No livro de Daniel, o anjo Gabriel veio até este profeta desta maneira, quando ele afirma que devido às orações de Daniel, naquele mesmo instante, ele saiu da presença de Deus, para atender as suas necessidades. Vale a pena crer e aceitar a palavra de Deus que garante tornar realidade tudo isto.

Por isto Abraão e muitos outros patriarcas e profetas declararam que eram peregrinos na terra, e buscavam uma cidade que tem fundamentos. A carta aos Hebreus diz que estes viam como que o invisível. E declara que viam pela fé sem terem alcançado ou tornado realidade essa visão. E hoje lá, eles se encontram; e, certamente, estão aguardando também a nossa chegada. A passagem de nossa ida, já está paga, Jesus Cristo foi quem pagou. Alguém já disse que ainda que acredite que o céu tem toda essa deslumbrante cidade, com todas as suas belezas e esplendor, não sente necessidade ou pressa de lá chegar. Isso mostra o nosso apego à vida terrena. Quando lá iremos chegar? No dia que Deus quiser nos levar. Portanto, prepare-se meu amigo, porque isto pode acontecer ainda hoje.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *