Quem cura enfermos está em comunhão com Deus?

Consulente:

É possível que a pessoa que ora por um doente e este fica curado não esteja em comunhão com Deus?

Resposta:

Leia o seguinte: “Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? E em teu nome não expulsamos demônios? E em teu nome não fizemos MUITAS MARAVILHAS? Então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade” (Mt 7.22-23).

Sabe por que isso? Porque Deus tem misericórdia daquele que, por fé, vai em busca de uma cura. Para satisfação de Sua soberana vontade, Deus usa até os ímpios, porque é grande a Sua misericórdia. Num caso de emergência, um médico pode até usar um bisturi enferrujado; terminada a operação, o bisturi imprestável é jogado fora.

É essa a razão por que muitos gananciosos continuam iludindo as ovelhas, sendo usado como instrumentos para curar pessoas, e enchendo os bolsos com as moedas da traição. A resposta, portanto, é sim, é possível. Creio que a maioria dos que trabalham no ministério de libertação mantém comunhão com Deus, mas esse trabalho não é garantia de que essa comunhão seja uma realidade.
Pr Airton Costa
27.08.2005

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *