Qual a Diferença Entre Abortar e Assassinar?

Vejam a notícia abaixo:

17/04/2006 – 12h44
Polícia prende mãe acusada de jogar filha em rio
da Folha Online

Uma mulher de 28 anos foi presa em flagrante nesta segunda-feira em João Monlevade (MG), acusada de jogar a filha de 11 meses no rio Piracicaba. O crime teria acontecido no domingo (16).

Testemunhas que estavam no local do crime viram a mulher jogando a criança na água e avisaram a Polícia Militar. De acordo com a PM, a menina foi socorrida pelas testemunhas, mas não resistiu e morreu no hospital.

A mãe foi detida e levada para a Delegacia Regional, onde foi atuada em flagrante e permanece presa.

São Paulo

No sábado, uma garota de 16 anos foi presa acusada de espancar a filha de oito meses de idade até a morte. Segundo a polícia, ela confessou que havia espancado a criança pouco antes de sua morte, porque ela chorava muito.

Comentários:

Para muitas mães a vida gerada em suas entranhas não tem o menor valor. Mães matam seus filhos no próprio ventre; outras, talvez por falta de condições de abortar, ou por descuido, cuidam da matança após o nascimento. Deixam-nos nos lixões, nos parques, nas ruas, em qualquer lugar. Esqueceram-se de usar a camisinha distribuída aos milhões pelo Governo, ou não a quiseram usar. Tanto faz. Grávidas, o importante é livrarem-se do incômodo. O obstáculo deve ser descartado. Importa a essas mães loucas continuarem em suas orgias, sem o compromisso de amar, de criar, amamentar, cuidar. A proposta de facultar à mãe o aborto livre, em qualquer época, tem encontrado adeptos entre parlamentares. Deveriam também apresentar proposta para não incriminar a mãe que matasse o filho recém-nascido, até nove meses de idade. E por que não até um ano? Qual a diferença entre matar a criança no ventre ou fora do ventre? Triste realidade esta que vivemos.

Pr Airton Costa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *