Pastores e Lobos

SOBRE PASTORES E LOBOS*

Pastores e lobos têm algo em comum: ambos se interessam e gostam de ovelhas, e vivem perto delas. Assim, muitas vezes, pastores e lobos nos deixam confusos para saber quem é quem. No entanto, não é difícil distinguir entre
um e outro.

Veja:

Pastores buscam o bem das ovelhas, lobos buscam os bens das ovelhas.

Pastores vivem à sombra da cruz, lobos vivem à sombra de holofotes.

Pastores têm fraquezas, lobos são poderosos.

Pastores são ensináveis, lobos são donos da verdade.

Pastores têm amigos, lobos têm admiradores.

Pastores vivem de salários, lobos enriquecem.

Pastores vivem para suas ovelhas, lobos se abastecem das ovelhas.

Pastores apontam para Cristo, lobos apontam para si mesmos e para a igreja
deles.

Pastores são pessoas humanas reais, lobos são personagens religiosos
caricatos.

Pastores ajudam as ovelhas a se tornarem adultas, lobos perpetuam a
infantilização das ovelhas.

Pastores são simples e comuns, lobos são vaidosos e especiais.

Pastores se deixam conhecer, lobos se distanciam e ninguém chega perto.

Pastores alimentam as ovelhas, lobos se alimentam das ovelhas.

Pastores lidam com a complexidade da vida sem respostas prontas, lobos lidam
com técnicas pragmáticas com jargão religioso.

Pastores vivem uma fé encarnada, lobos vivem uma fé espiritualizada.

Pastores se comprometem com o projeto do Reino, lobos têm projetos pessoais.

Pastores são transparentes, lobos têm agendas secretas.

Pastores dirigem igrejas-comunidades, lobos dirigem igrejas-empresas.

Pastores pastoreiam as ovelhas, lobos seduzem as ovelhas.

Pastores buscam a discrição, lobos se autopromovem.

Pastores se interessam pelo crescimento das ovelhas, lobos se interessam
pelo crescimento das ofertas.

Pastores ajudam as ovelhas a seguir livremente a Cristo, lobos geram ovelhas
dependentes e seguidoras deles.

Pastores constroem vínculos de amizade, lobos aprisionam em vínculos de
dependência.

* Pr.Omar Ludovico, que saiu na revista Enfoque deste mês
(fevereiro/2006).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *