PÃES DA PROPOSIÇÃO – Significado

Em frente do Candelabro, para a banda do norte, à direita de quem entrava no Santo Lugar, estava a Mesa de Ouro com os doze pães da proposição. A Mesa também simboliza o Senhor Je­sus. Do mesmo modo como a mesa continha doze pães (simbolizando cada uma das doze tribos de Yahweh), na presente dispensação Je­sus é o Pão que alimenta nossa fome espiritual (Jo 6:35,48). Os doze pães representavam especificamente as doze tri­bos do Senhor. No entanto, quando as dez tribos do norte foram levadas cativas para a Assíria, ficando apenas duas tribos no país, continuou a haver doze pães sobre a mesa. Isto também é de grande simbolismo, pois aponta para a necessidade de compreender­mos a unidade do Corpo de Cristo, mesmo que nossa eclesiologia, nosso “ministério” não seja o mesmo, pois somos um (Jo 17:21-23; Rm 12:4,5; 1Co 12:12-27; Ef 4:3-6). Os pães que estavam sobre a Mesa eram trocados a cada sábado, quando então eram comidos pelos sacerdotes. O pão da Mesa de Ouro era alimento para os sacerdotes. Foi Deus mesmo Quem ordenou assim. Assim deve ser a vida do cristão: alimentar-se sem­pre de Cristo em íntima comunhão com Ele. Alimentar-se dEle é estar ocupado com Ele por Sua Palavra, absorvê-lO e desfrutá-lO; é isso que dá crescimento ao crente!
FONTE: Dicionário Teológico Brasileiro Lázaro Soares de Assis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *