Jesus saiu de Deus

Assim como uma gota d’água que sai do oceano não pode ser considerada criada pelo oceano, mas parte integrante dele, por ser da mesma natureza, do mesmo modo o Filho de Deus, Jesus, não pode ser considerado criado por Deus, posto que possui os mesmos atributos divinos de imutabilidade, eternidade, onisciência, onipresença e onipotência. Assim, fica mais fácil entender porque Jesus disse: “Eu e o Pai somos um” (Jo 10.30), e “Quem me vê a mim, vê o Pai” (Jo 14.9), “Eu estou no Pai e o Pai está em mim” (Jo 14.10); “Estou em meu Pai” (Jo 14.20). E o que diz a Bíblia: “O Verbo estava com Deus e o Verbo era Deus” (Jo 1.1); “O Filho unigênito está no seio do Pai” (Jo 1.18); “Nele habita corporalmente toda a plenitude da divindade” (Cl 2.9), assim como na gota d’água (H2O) habita toda a substância do oceano.
“Pois o mesmo Pai vos ama, visto como vós me amastes e crestes que saí de Deus”; Saí do Pai e vim ao mundo; outra vez, deixo o mundo e vou para o Pai”; “Agora, conhecemos que sabes tudo e não precisas de que alguém te interrogue. Por isso, cremos que saíste de Deus” (Jo 16.27-30) “Porque lhes dei as palavras que me deste; e eles as receberam, e têm verdadeiramente conhecido que saí de ti, e creram que me enviaste” (Jo 17.8).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *