Crentes Não Genuínos

O Mural de Recados deste site contém uma série de comentários sobre o artigo “Crentes Possessos”. Segue um deles, de autoria da Irmã Elizabeth Moraes:

Algumas breves experiências com crentes não genuínos:

Conheço uma pessoa que há anos se diz estar na igreja, foi batizada com o vício do cigarro e adora ver filmes pornográficos nas madrugadas. Ela me diz que é para fazê-la dormir.Nunca deu um dízimo na igreja onde freqüentou (várias).Hoje esta pessoa vive mais internada no manicômio do que em casa.Toda vez que os pensamentos impuros se intensificam na mente dela advindos dos filmes que ela assiste ela se perturba terrivelmente e não tem quem suporte a agressividade dela.Lá no manicômio ela se acalma depois de tomar uma”bomba” famoso “sossega leão”.Ela confessa, mas não abandona os pecados nem os vícios. Pasmem irmãos, ela conhece a bíblia melhor do que muitos pastores, tem 67 anos e uma memória que grava toda a bíblia.

Outro irmão (Jovem) que um dia abandonou a prática do homossexualismo, toda vez que ele dava lugar aos pensamentos impuros dele (do passado) quando ia para igreja, já caia na rua antes de chegar lá e os crentes tinham que ir ao local para expulsar o demônio para que ele voltasse ao normal. Ele era batizado, tomava santa ceia, mas os pensamentos eram impuros.Não praticava mais tais coisas, mas pensava nelas.

Outra jovem convertida, assídua na igreja, tomava santa ceia, mas vivia alimentando uma vida de pecados quando vivia no mundo, quando se dirigia a um círculo de oração começou a se espernear, caiu no chão em frente a igreja e o espírito maligno se manifestou.(pensamento impuro, falta de convicção e pouco conhecimento do evangelho, por ser iletrada, não entendia a mensagem bíblica).
Sei que todas as vezes que o inimigo se manifestou em várias circunstâncias foi só dizer “sai no Nome de Jesus” e ele não resistia e saia. Mas é bom lembrar que a nossa vida tem que estar limpíssima com Deus, quer dizer irrepreensível).

Certa vez contemplei uma prostituta cair endemoninhada perto de uma igreja e um presbítero correu com a bíblia e foi expulsar o demônio e ele falou tanta coisa com ele dizendo: que ele estava traindo sua esposa que vivia nos escuros da noite com outra mulher e partiu agressivamente em direção a ele e veio um irmãozinho bem simples e foi algo tremendo no combate espiritual com o adversário, mas era um servo consagrado e irrepreensível diante de Deus. Aquela mulher foi liberta e aceitou a Jesus naquele momento e teve uma vida transformada.A meu ver precisamos de mais compromisso, seriedade e convicção de que com Deus não se brinca.O Evangelho deve ser vivido na nossa pessoa todos os dias.A pessoa de Jesus Cristo tem que estar refletida em nós a todo instante.Nossa vigilância e oração devem ser uma constante na vida do cristão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *