As Novelas e os Evangélicos

Reflexão sobre a notícia, abaixo, com o título “Evangélicos reclamam de cenas de “Duas Caras”.

Ainda bem que a manchete não me incluiu dentre os vidrados em novelas. Diz “Evangélicos”. Não diz: “Os evangélicos”. Estou fora.
Não conheço a trama, o nome da próxima, os artistas, se foi boa ou ruim, em que TV está passando, a que horas, nada, nada. Eu e a minha casa não damos ibope a novelas. Também não sabemos quem foi para o paredão no BBB, quem ficou com quem. Estamos longe dessas futilidades, quinquilharias, mexericos e futricadas televisivas que entravam o crescimento espiritual.

Verdade é que muitos que se dizem cristãos, outros que se dizem evangélicos adoram colocar coisa má diante de seus olhos. A imagem quanto mais pornográfica, melhor; quanto mais piadas imorais, melhor. Não importa se tal atitude esteja no centro da vontade do Diabo. O Diabo que se dane. Vale satisfazer o desejo sempre insaciável da carne.

Pr. Airton Evangelista da Costa

================
Fonte: http://www.famosidades.com.br/v2/noticias.asp?id=3008

FAMOSOS
14.3.2008 – 08h26

Evangélicos reclamam de cena de “Duas Caras”

“Nós não vemos televisão e esse é um dos motivos”, revela pastor

FAMOSIDADES
No Rio de Janeiro

Um grupo de evangélicos está insatisfeito com a exibição, nesta quarta-feira (12), da cena da novela “Duas Caras” em que uma multidão provoca o linchamento do trio amoroso Dália (Leona Cavalli), Heraldo (Alexandre Slaviero) e Bernardinho (Thiago Mendonça). As informações são do jornal carioca “O Dia”.

A cena durou cerca de seis minutos e rendeu 42 pontos de audiência para a atração global. O pastor Marcos Pereira da Silva, da Assembléia de Deus dos Últimos Dias, revelou para a reportagem do “O Dia” que o assunto incomodou os evangélicos. “Nós não atacamos ninguém, atacamos o demônio, que é quem faz as pessoas praticarem o mal”, disse ele ao jornal.

O pastor ainda coompletou. “O que se passa ali é algo que vem da cabeça do autor, não é verdade. Nós não vemos TV e esse é um dos motivos”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *