Amor Aventureiro

SEGUEM OS DOIS DE MÃOS DADAS
RUMO A AVENTURA DO AMOR
PORQUE O AMOR É VALENTE
DESTEMIDO, AVENTUREIRO,
EXPLORADOR

MAIS TARDE RETORNARÃO Á CABANA
ONDE A LUA OS ESPERA.
NA REDE DA VARANDA
CONVERSAM COISAS BANAIS
PARA VER O TEMPO PASSAR

OLHOS NOS OLHOS,
VIVEM A ETERNIDADE DAQUELE MOMENTO
COMO SE FOSSE O ÚLTIMO FÔLEGO DA VIDA,
A ÚLTIMA GOTA DE SANGUE
(Airton)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *