Tradução do Novo Mundo (TNM)

 

A Tradução do Novo Mundo (TNM)

Inteligência Artificial

Pr. Airton Evangelista da Costa

A Tradução do Novo Mundo (TNM) é uma versão da Bíblia publicada pela Sociedade Torre de Vigia, ligada às Testemunhas de Jeová. Esta tradução é conhecida por seu esforço em utilizar o nome “Jeová” em vez de “Senhor” nas Escrituras Hebraicas (Antigo Testamento) e em alguns lugares do Novo Testamento. Vamos comparar a TNM com o Textus Receptus (TR) e o Texto Crítico (TC).

### Contexto do Textus Receptus e Texto Crítico

– *Textus Receptus (R):* Uma compilação de manuscritos gregos do Novo Testamento, majoritariamente bizantinos, feita por Erasmo de Roterdã no século XVI. Foi a base para muitas traduções protestantes, como a King James Version (KJV).

– *Texto Crítico (TC):* Uma reconstrução moderna do texto do Novo Testamento que usa uma ampla variedade de manuscritos antigos, incluindo os alexandrinos, considerados mais antigos e, potencialmente, mais próximos aos originais. As edições críticas como a Nestle-Aland (NA) e United Bible Societies (UBS) são as mais reconhecidas.

### Análise Comparativa

  1. *Uso do Nome Divino:*

– *TNM:* Insere “Jeová” em vez de “Senhor” em muitos lugares, inclusive onde os manuscritos gregos originais dizem “κύριος” (Kyrios). Esta prática é baseada na crença de que o nome divino foi removido e substituído por “Senhor” ao longo do tempo.

– *TR e TC:* Seguem os manuscritos existentes, que geralmente usam “κύριος” (Kyrios) no Novo Testamento.

  1. *Tradução de Versículos-Chave:*

– *Mateus 28:19:*

– *TNM:* “Ide, portanto, e fazei discípulos de pessoas de todas as nações, batizando-as em nome do Pai, e do Filho, e do espírito santo.”

– *TR e TC:* Concordam com esta fórmula trinitária, mas a TNM usa letras minúsculas para “espírito santo”, refletindo a crença das Testemunhas de Jeová de que o espírito santo não é uma pessoa divina.

  1. *1 João 5:7-8 (Comma Johanneum):*

– *TR:* Inclui a Comma Johanneum: “Porque três são os que testificam no céu: o Pai, a Palavra, e o Espírito Santo; e estes três são um.”

– *TC:* Omite essa passagem, que não está presente nos manuscritos gregos mais antigos.

– *TNM:* Segue o TC, omitindo a Comma Johanneum, alinhando-se com a crítica textual moderna.

  1. *Interpretações Doutrinárias:*

– *João 1:1:*

– *TNM:* “No princípio era a Palavra, e a Palavra estava com Deus, e a Palavra era um deus.”

– *TR e TC:* “No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.”

– *Comentário:* A TNM usa “um deus” para refletir a crença das Testemunhas de Jeová de que Jesus é uma entidade divina distinta, mas não igual a Deus Pai.

### Conclusão

A Tradução do Novo Mundo tem particularidades que refletem as doutrinas das Testemunhas de Jeová, especialmente no uso do nome “Jeová” e em passagens que envolvem a divindade de Cristo e a natureza do espírito santo. Enquanto o Textus Receptus é mais tradicional e o Texto Crítico mais acadêmico, a TNM faz escolhas textuais e interpretativas que visam apoiar suas crenças específicas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *