Segredos da Inquisição Poderão Ser Revelados

www2.uol.com.br/bibliaworld/noticias/holofote/holofote.htm

Vaticano abre “arquivos secretos” sobre a Inquisição

10/11/2004
O Vaticano decidiu abrir mais um de seus arquivos referentes à Inquisição, os tribunais civis e religiosos que tentaram exercer controle sobre as crenças religiosas na Europa.
Um porta-voz do Vaticano disse que o novo projeto vai ajudar a elucidar o controle de idéias religiosas na Europa medieval e moderna.

Documentos sobre a Inquisição, guardados em arquivos privados e estatais, vão ser catalogados, comparados e disponibilizados para acadêmicos de todo o mundo.

Há quatro anos, o papa João Paulo 2º pediu perdão pelas injustiças, torturas e execuções cometidas em nome da Inquisição.

Atualmente

Não é comum para o Vaticano se engajar em projetos que possam macular a história da igreja.

Desta vez, a igreja espera que as informações reveladas contribuam para ajudar acadêmicos e trazer luz a um dos períodos mais controversos de seu passado.

Tribunais da Inquisição na Itália e na Espanha investigaram alegações de heresia e bruxaria, sentenciando cerca de 50 mil pessoas à morte na fogueira.

Os tribunais inquistórios foram criados pelo então papa no século 13, atingiram o auge de seu poder durante a Reforma protestante, no século 16, e sobreviveram como um departamento do Vaticano até o início do século 20.

Atualmente, o órgão se chama Congregação para a Doutrina da Fé. O departamento ainda investiga alegações de heresia, sob o comando do cardeal alemão Josef Ratzinger, um dos mais próximos conselheiros do papa.

Fonte: Folha On Line

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *