Perguntas Maliciosas

Não percamos tempo em responder a perguntas cheias de ironia, maliciosamente formuladas não com o objetivo de suscitar debate de alto nível em busca da verdade, mas de denegrir os evangélicos, criar embaraços aos filhos de Deus e opor-se à sã doutrina. “Não fales aos ouvidos do tolo, porque desprezará a sabedoria de tuas palavras” (Pv 23.9). “Não deis aos cães as coisas santas, nem deis aos porcos as vossas pérolas” (Mt 7.6).
Ficou sem resposta a seguinte pergunta de Pilatos a Jesus: O que é a verdade? Adiantaria alguma coisa Jesus fazer uma ampla exposição da Verdade? Pilatos não estava de modo algum interessado nisso. Embora tenha declarado que não encontrou motivos para condenar Jesus, lavou as mãos e O submeteu à decisão dos vândalos, dos inimigos da Verdade. Que o nosso silêncio seja a resposta aos vândalos de hoje, que não desejam um confronto com a Verdade. Optaram por amar as trevas e desprezar a Luz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *