O que são oráculos?

Escrito por: Adriano José Ursulino Isidro

O termo oráculo é muito abrangente e pode significar: Resposta da divindade a quem a consultava; Divindade consultada; Lugar onde se dava o oráculo; Palavra de Deus; Palavras de grande autoridade; Pessoa ou entidade cujas palavras são muito respeitadas.
No livro de Josué 7.6-9, Josué faz uma oração a Deus querendo uma resposta a cerca da derrota de Israel do povo de Ai, e a partir do versículo 10, Deus responde a Josué lhe dizendo o por que de Israel ter perdido a batalha.
Olhando bem para este contexto vemos que a divindade consultada e a resposta vieram do Deus de Israel. Então Deus é o oráculo neste contexto.
Já no livro de 1 Reis 8.6, diz: “Assim trouxeram os sacerdotes a arca da aliança do SENHOR ao seu lugar, ao oráculo da casa, ao lugar santíssimo, até debaixo das asas dos querubins”.
Neste contexto vemos que o oráculo é o Santo dos Santos, uma sala do Templo de Salomão onde ficava guardada a Arca da Aliança. Era aqui que se realizava anualmente uma cerimônia de sacrifício expiatório de um cordeiro sem mácula (Ex 12.5) pelos pecados do povo (Lev 4.35) e era este o único momento em que o Sacerdote podia falar diretamente com Deus. Esta sala ficava separada do templo por uma cortina de linho. E como o lugar era santíssimo, outros não poderiam entrar, somente ele.
A Palavra de Deus também é um oráculo, pois tudo o que nela está escrito se cumpriu, se cumpre e se cumprirá. Tudo o que nela está escrito é de Deus, e Deus fala através dela. Um dos exemplos que podemos citar são: “Porque a profecia nunca foi produzida por vontade de homem algum, mas os homens santos de Deus falaram inspirados pelo Espírito Santo”. (2 Pedro 1.21). O termo profecia aqui se refere não somente aquilo que foi falado oralmente, mas também tudo aquilo que foi registrado na Palavra de Deus através dos manuscritos.
A Palavra de Deus também é uma palavra de grande autoridade, pois o que Ele fala não são palavras jogadas ao vento, mas são palavras que se cumprem em sua totalidade, por isso que ela também é um oráculo. Um dos vários exemplos da Bíblia é: “Assim será a minha palavra, que sair da minha boca; ela não voltará para mim vazia, antes fará o que me apraz, e prosperará naquilo para que a enviei”. (Isaías 55 : 11). Somente uma pessoa de grande poder e autoridade pode falar desta maneira, a ponto de provar que o que ela fala é verdadeiro e se cumpre de verdade.
Sabemos que oráculo pode ser também uma pessoa ou entidade cujas palavras são muito respeitadas. Quero mostrar agora uma pessoa muito importante, que com certeza é o oráculo mais perfeito que viveu aqui na terra, ele se chama Jesus. Nunca existiu uma pessoa tão importante e especial como Jesus. Ele nunca pecou e só falou a verdade, foi reto e justo, e fez toda a diferença em sua época, razão pela qual Ele e suas Palavras foram e são muito respeitadas ainda hoje. Um dos exemplos era a quantidade significativa de pessoas que paravam para ouvi-lo falar, fato que vemos no evangelho de Mateus 14.19-21: “E, tendo mandado que a multidão se assentasse sobre a erva, tomou os cinco pães e os dois peixes, e, erguendo os olhos ao céu, os abençoou, e, partindo os pães, deu-os aos discípulos, e os discípulos à multidão. E comeram todos, e saciaram-se; e levantaram dos pedaços, que sobejaram, doze alcofas cheias. E os que comeram foram quase cinco mil homens, além das mulheres e crianças”.
E isso é tão atual, que a própria Palavra de Deus afirma que Deus fala hoje através de Jesus Cristo, o seu Filho, conforme está no livro de Hebreus 1.1: “Havendo Deus antigamente falado muitas vezes, e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, a nós falou-nos nestes últimos dias pelo Filho”.
E isso é tão real na atualidade que contamos com cerca de 2,2 bilhões de cristãos no mundo. Fato que Deus não se calou e que usa seus servos para levar a mensagem salvadora a todas as pessoas em toda a face da terra.
É bom lembrar também que nas religiões antigas e contemporâneas existe a prática oracular. Quando olhamos para a história antiga, vemos que em vários Países havia esta prática, como por exemplo na Grécia. E uma das divindades que eles cultuavam era Zeus, considerado o rei dos deuses.
Existiam também mulheres, que eram sacerdotisas, que faziam seus rituais para receber suas supostas entidades e dar as respostas para o povo. Muitos usavam objetos, tais como cartas (tarô), moedas, búzios, etc…
Mas sabemos que existe um adversário chamado Satanás, que tenta imitar a Deus, e até ser igual a Deus, e ele é mentiroso e pai da mentira, e desde os primórdios ele tem enganado a muitos, e levado as pessoas a se distanciarem de Deus.
Mas vamos ter muito cuidado, pois os oráculos de Deus devem ser santos e devem vir de Deus, única fonte confiável e verdadeira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *