O dom mais belo

Pastor Mauro,

Que belo e comovente texto. Não é por outra razão que considero o aborto um infanticídio qualificado, como digo no artigo que tem esse título. Milhões de vidas inocentes e indefesas morrem por mãos e mães assassinas. O Estado laico, por ser laico crê que pode autorizar e financiar esse genocídio. Com o coração sangrando divulguei o áudio “O aborto é crime hediondo”. Enquanto vida existir no meu corpo estarei defendendo as crianças não nascidas, muitas das quais estão aprisionadas num cárcere de horrores – o ventre materno – esperando a agonia da morte.
Parabéns.
Pr Airton Costa
——
Leiam o texto do Pastor Mauro Jaques

June 27, 2007
O dom mais belo

Há muito tempo – antes que existisse as facilidades de bens de consumo a que agora estamos habituados, a sabedoria popular considerava o nascimento de uma criança como o receber de um dom, de uma prenda sem preço. As nossas avós repetiam isto, com aquele espanto sempre renovado perante o mistério da vida.

Agora, o nascimento de uma criança é freqüentemente considerado como uma catástrofe. Deve ser evitado a todo o custo. Prefere-se mil vezes que nasça uma vaca a que nasça uma criança. Faz-se aquilo que for preciso para evitar um nascimento. Mesmo que seja a esterilização; mesmo que seja o aborto.

As crianças eram antes bem vindas, mas agora não são. Que foi que perdemos, entretanto? Como pudemos chegar a este ponto? É verdade que nos tornamos materialistas. Tudo se tornou para nós num negócio. Todos os nossos pensamentos giram agora em volta de números: crédito, débito…mensalidades, aplicações…

Esquece-se que uma criança é, antes de qualquer coisa, um dom. O dom mais belo que uma mulher pode oferecer ao marido; o dom mais belo que um homem pode oferecer à sua esposa; o dom mais belo que uma família pode oferecer à sociedade.

Muitas pessoas são muito, muito preocupadas com as crianças da Índia, com as crianças da África, onde muitas morrem de fome, e assim por diante. Muitas pessoas também se preocupam com toda a violência no nosso país. Estas preocupações são válidas. Mas freqüentemente estas mesmas pessoas não se preocupam com os milhões que estão sendo mortos pela decisão deliberada das suas próprias mães. E este é o maior destruidor da paz hoje: o aborto, que leva as pessoas a tal cegueira.

Que diz Deus sobre a vida e a personalidade de um feto? As pessoas têm valor e identidade antes de nascer. A Bíblia diz em Jeremias 1:5 “Antes que eu te formasse no ventre te conheci, e antes que saísses da mãe te santifiquei; às nações te dei por profeta.”

Deus está ativo na vida de um ser humano enquanto ele está no útero. A Bíblia diz em Salmos 139:13-14 “Pois tu formaste os meus rins; entreteceste-me no ventre de minha mãe. Eu te louvarei, porque de um modo tão admirável e maravilhoso fui formado; maravilhosas são as tuas obras, e a minha alma o sabe muito bem.”
O mandamento de Deus proíbe tirar a vida. A Bíblia diz em Êxodo 20:13 “Não matarás.”

Deus tem um plano para o indivíduo ainda antes deste nascer. O aborto é um desrespeito para com essa faceta da soberania de Deus. Se por um lado ninguém tem o direito de pôr em causa o direito à vida, muito menos tem o direito de impedir que o plano de Deus se realize através dela.

Caro leitor, por muito que nos custe compreender e aceitar, a verdade é que o valor da vida humana está muito acima das capacidades físicas ou mentais que possa evidenciar. Quem é o homem para decidir sobre quem deve viver ou não?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *