O DOM DA PROFECIA – Significado e objetivos

O dom da profecia é a manifestação sobrenatural do Espírito mediante expressão vocal em línguas conhecidas para exortar, edificar e consolar (1 Co 12.10, 14.3).
Consiste na transmissão à igreja ou a uma determinada pessoa de uma mensagem recebida do Espírito Santo. O apóstolo Paulo adverte para que não desprezemos as profecias, o que poderá extinguir o fogo do Espírito. “Reprimir ou rejeitar o uso correto e ordenado da profecia, ou de outros dons espirituais, resultará na perda em geral da manifestação do Espírito (1 Co 12.7-10, 28-30)”. Esse dom é muito usado nas igrejas pentecostais, as que acreditam na atualidade dos dons espirituais, isto é, que acreditam na continuidade da ação sobrenatural como ocorreu no passado (Atos 2.1-13).
A não ser que haja recomendação expressa do Espírito, a profecia deve ser dada particularmente à pessoa envolvida, em particular. São os casos em que a exortação possa causar algum constrangimento público. O objetivo do Espírito será sempre levantar o ânimo do crente, dar-lhe forças para conseguir vencer os obstáculos e fazê-lo saber de que Deus está no controle de tudo e acompanhando a sua vida.
O Espírito tem liberdade – e não podia ser diferente – para transmitir à Igreja o que achar conveniente; transmitir a toda a congregação ou a um determinado membro. O objetivo da profecia será sempre o de EXORTAR, isto é, animar a pessoa a tomar um curso diferente, mudar de atitude, de modo que se amolde à vontade do Senhor e siga crescendo na graça; de EDIFICAR, isto é, promover o crescimento espiritual da igreja, mediante a prática de atos consentâneos com a vontade de Deus, deixando os que são nocivos à vida cristã; CONSOLAR, isto é, transmitir à igreja ou individualmente ao crente uma palavra de conforto e de esperança, fazendo-os lembrar das infalíveis promessas de Deus para seu povo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *