O Dinheiro da Igreja Universal – II

Hoje, dia 30.07.05, o pastor Silas Malafaia, no seu programa Vitória em Cristo, na Redetv, manifestou-se sobre os dez milhões de reais da IURD, apreendido pela Polícia Federal. No dia 24, há seis dias, também emiti minha opinião, conforme publicação neste site. Verifica-se que houve uniformidade de opinião nos dois comunicados. Em resumo, discordamos de algumas práticas da IURD, mas, por dever de consciência, não podemos deixar de admitir que, em se tratando de ofertas dos membros, inexiste ilegalidade na condução do dinheiro sob comentário. Eis alguns trechos da palavra do pastor Silas:

“Gostaria de falar sobre os dez milhões de reais, da Igreja Universal do Reino de Deus. Todos sabem que tenho manifestado minha discordância de muitas práticas e atitudes da IURD. Por exemplo, discordo desse sincretismo que a IURD faz; dessa mistura que mais parece macumba evangélica, desculpem-me pelo nome, do que evangelho de Cristo. São tantas crendices, tantas bobagens que não estão na Bíblia, para fazer ponto de contato com as pessoas. Tanta coisa que Jesus nunca fez, mas que eles fazem que dá até arrepios”.

“Também discordo pelo fato de que a IURD comprou a TV Record com o dinheiro das ofertas, e hoje a Rede Record serve mais ao diabo do que ao reino de Deus. Quando uma igreja possui um veículo de comunicação, este veículo só pode ser utilizado para glória de Deus: “Portanto, quer comais, quer bebais, ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para glória de Deus” (1 Co 10.31)”.

“Discordo da IURD por ela ser sectária, pois só são amigos na hora da política, quando manda seus candidatos procurarem as outras igrejas; são amigos na hora em que as coisas estão feias para o lado deles”.

“Discordo também de que quando a IURD compra um espaço em outra emissora de televisão, exigem que meia hora antes e meia hora depois de seu programa não pode ter nenhum programa evangélico. Isso é uma vergonha, uma aberração. Tenho uma consciência que não me permite ser conivente com as coisas erradas. Discordo, como disse, de muitas coisas que a IURD faz. Agora, o dinheiro é da Igreja. A Revista Veja não acusa a IURD de nada. Na foto do dinheiro, na referida revista, vemos notas de diversos valores, e ainda a indicação do lugar de origem”.

“A própria revista mostra que Igreja arrecada por ano três bilhões de reais. Logo, o que são dez milhões para quem arrecada três bilhões? Então o dinheiro é da igreja, resultado das ofertas. E outra: estou num país livre; posso circular no território nacional com a importância que eu quiser. Desde que o dinheiro tenha origem, não devo satisfação a ninguém. Se quiser andar com um bilhão de reais, posso. Ou será que estamos sofrendo patrulhamento ideológico? Hoje, é a Universal; amanhã serei eu. Hoje, são dez milhões; amanhã irão invadir uma igreja que tenha cinqüenta mil reais”.

“Posso ter as minhas discordâncias com a IURD. Não estou aqui fazendo o papel de advogado, mas estou mostrando mais uma vez para o povo de Deus e para a IURD a minha coerência. Tenho que ter caráter e dignidade para saber o que é mentira, o que é safadeza e o que é armação. O partido expulsou sumariamente o deputado federal João Batista, sem lhe dar direito de defesa. Até bandido tem o direito de se defender. Não há provas de haver referido parlamentar cometido ato ilegal, porque o dinheiro apreendido tem origem; é da igreja”.
www.palavradaverdade.com
30.07.05
Para associar-se ao nosso Grupo de Amigos, envie mensagem para [email protected]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *