Justificação pela fé

“Anulamos, pois, a lei pela fé? De modo nenhum; antes estabelecemos a lei” (Rm 3;31).

A lei da justificação pela fé é estabelecida.

Bíblia Apologética: “Adventismo – Declara que a palavra lei se refere aos dez mandamentos, e que a lei não foi abolida pela fé, mas estabelecida. Como o sábado faz parte dos dez mandamentos, entendem, portanto, que somos obrigados a guardar esse dia.

Resposta apologética – Paulo estava tratando em todo o capítulo 3 dos meios de justificação pela fé e não pela lei. Pergunta ele: Onde está logo a jactância? É excluída. Por qual lei? Das obras? Não; mas pela lei da fé. Concluímos, pois, que o homem é justificado pela fé, SEM AS OBRAS DA LEI (Rm 3.27-28). Logo, conclui: Anulamos, pois, a lei pela fé? De maneira nenhuma, antes estabelecemos a lei. Fala, naturalmente, da LEI DA FÉ, e não das obras da lei. Isso é confirmado por Gl 2.16; 3.11)”.

Bíblia de Estudo Pentecostal: “A salvação em Cristo não significa que a Lei perdeu o seu valor. Na realidade, a justificação pela fé confirma a Lei, quanto ao seu propósito e função original. Mediante sua reconciliação com Deus e a obra regeneradora do Espírito Santo, o crente é capacitado a honrar e obedecer à Lei mortal de Deus (ver Rm 8.2-4)”.

“A lei do Espírito de vida, em Cristo Jesus, me livrou da lei do pecado e da morte” (Rm 8.2). Assim, a lei da justificação pela fé é estabelecida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *