Isabella: Pára, pai

Pára, pai!

Não consigo esquecer esse grito de desespero
Pai, não entendo a razão disso
Pai, sinto dores
Pai, minha testa arde
Pai, não posso respirar
Pai, te amo
Pai, não me amas?
Pai, quero dormir
Amanhã quero brincar com minhas colegas
Tenho muitos sonhos
Quero crescer e ser mãe
Quero amar muito meus filhos
Pai, quero ser professora
Pai, me ouça
Pai…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *