Crente pode ficar endemoninhado?

Crente morada do Espírito Santo (1 Co 6.19), filho de Deus (Jo 1.12) não pode ficar possesso. Nele não podem habitar simultaneamente Deus e o Diabo. Agora, crente apenas de aparência, que frequenta com assiduidade ou não uma igreja evangélica, mas que não é “nova criatura” (2 Co 5.17) porque não experimentou o “novo nascimento” (Jo 3.3) este pode ficar possuído por um ou vários demônios. Vamos à Bíblia.
1 – O maligno não toca num filho de Deus (1 Jo 3.9; 5.18).
2 – “E o Espírito do Senhor se retirou de Saul, e atormentava-o um espírito mau [maligno] da parte do Senhor” (1 Sm 16.14; 18.12; 28.15). O maligno só entrou em Saul depois da saída do Espírito do Senhor.
3 – Os demônios agem segundo a “vontade permissiva de Deus”, como aconteceu com Jó, terrivelmente afligido por Satanás (Jó 1.12). Aos que se apartam da Verdade Deus pode permitir que sejam atormentados pelo maligno (1 Pe 5.8). Deus “repreende e castiga a todos quantos ama”, e nos recomenda: “Sê zeloso e arrepende-te” (Ap 3.19).
Dito isto, que tipo de espírito recebe no seu corpo os que praticam a mediunidade, sabendo-se que estes não podem ser considerados filhos de Deus segundo os princípios acima referidos? Recebem espíritos de pessoas falecidas ou demônios? Veja a advertência do Senhor:
“Entre ti não se achará quem faça passar pelo fogo a seu filho ou a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro, nem encantador, nem consulte a um espírito adivinhador, nem mágico, NEM QUEM CONSULTE OS MORTOS. Pois todo aquele que faz tal coisa é abominação ao Senhor; e por estas abominações o Senhor teu Deus os lança fora de diante de ti” (Dt 18.10-14; Is 8.19).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *